domingo, abril 05, 2009

Girando o caleidoscópio



Certa vez disse a um amor de verão, titubiante pela expectativa da curta duração do romance: "Vale pelos momentos que teremos para lembrar pelo resto de nossos vidas." Isso foi ha dez anos (putz!), logo a recordação ficou e posso dizer que lembro com carinho e satisfeita desta passagem de minha vida.

Nesta semana meu filhote conheceu o mar. Entenderam-se muitíssimo bem! Quanta alegria do Théo ao ver aquele montão de areia e de água para ser explorado... Mais um momento para a lista das doces memórias. E esse certamente vai para o topo dela.


PS: O título vai em agradecimento à Udi pela citação no Prozac Café. Merci, mon amie.

8 comentários:

Anne M. Moor disse...

Memórias são pra ser guardadas e desenterradas de vez em quando. Muito bom. E o Theo já está caminhando!!! Credo como passa o tempo!!!

Beijos

Walmir Lima disse...

Amandita,

Que bom ver o Theo andando, espero que siga as caminhadas da mãezona.

Realmente, o Theo e a frase do caleidoscópio são tuas grandes criações.

Parabéns

Udi disse...

Linda!
Esse caleidoscópio é mágico e com infinitas possibilidades de imagens. Tendo um Theo, então... cê nem vai precisar se lembrar de girar... ele gira com a força dessa vida gerada com o vosso amor!

girar
germinar
gerar
cultivar
desfrutar
"há que se se cuidar do broto
prá que a vida nos de flor
e... frutos"

beijo de mãe... com vontade de ser vó :)

Amanda Arthur disse...

Anne
A gente só não pode é viver de lembranças, se não o trem passa da estação e a gente esquece de saltar...
Walmir,
Andando e correndo! Haja fôlego! Mais, entre as compensações, a alegria e certa ajudinha para manter a forma. Hehehe!
Udi,
Pois, comece a campanha pelo neto... Seus brotos darão frutos, especiais como você.

Beijo grandão!!!

Ernesto Dias Jr. disse...

E vocês repararam que o rapaz tem um certo gingado de surfista? Vai ter intimidade com o Atlântico, o menino.

Amanda Arthur disse...

Ernesto:
Sagitariano, provavelmente terá intimidade com o Atlântico, com o Pacífico...
Por hora, ele ginga, a gente baba.
Beijos!

Udi disse...

Amandita, adotando uma nova prática bloguística de responder ao comentador em seu próprio blog, respondi procê la no Prozac assim:

Amanda-mami, descobrir-se grávida em um cenário repleto de ovos! Que bênção minina! E lembro bem de como a blogaldeia festejou com você a notícia!
Obrigada por compartilhar de mais essa história linda!
beijos de renovação a você e toda a família

C. disse...

Que lindo!