segunda-feira, janeiro 07, 2008

Ser mãe




Recebi este texto de uma amiga querida que, como eu, acaba de nascer mãe. Compartilho aqui no Sarau, emprestando dele as palavras para descrever muito do que tenho sentido...





Antes de ser mãe você fazia e comia os alimentos ainda quentes.

Não tinha roupas manchadas.

Tinha calmas conversas ao telefone.

Antes de ser mãe você dormia o quanto queria e nunca se preocupava com a hora de ir para a cama.

Não se esquecia de escovar os cabelos e os dentes.

Antes de ser mãe você limpava sua casa todo dia.

Não tropeçava em brinquedos nem pensava em canções de ninar.

Antes de ser mãe você não se preocupava se suas plantas eram venenosas ou não.

Imunizações e vacinas eram coisas em que nem se pensava.

Antes de ser mãe ninguém vomitou nem fez xixi em você, nem te beliscou sem nenhum cuidado, com dedinhos de unhas finas.

Antes de ser mãe você tinha controle sobre a sua mente, seus pensamentos, seu corpo e seus sentimentos.... dormia a noite toda ...

Antes de ser mãe você nunca teve que segurar uma criança chorando para que médicos pudessem fazer testes ou aplicar injeções.

Nunca chorou olhando pequeninos olhos que choravam.

Nunca ficou gloriosamente feliz com uma simples risadinha.

Nunca ficou sentada horas e horas olhando um bebê dormindo.
Antes de ser mãe você nunca segurou uma criança só por não querer afastar seu corpo do dela.

Você nunca sentiu seu coração se despedaçar quando não pode estancar uma dor.

Você nunca imaginou que uma coisinha tão pequenina pudesse mudar tanto a sua vida.

Você nunca imaginou que pudesse amar alguém tanto assim.

Não sabia que adoraria ser mãe.

Antes de ser mãe você não conhecia a sensaçãode ter seu coração fora do seu próprio corpo.

Não conhecia a felicidade de alimentar um bebê faminto.

Não conhecia esse laço que existe entre a mãe e a sua criança.

Nem imaginava que algo tão pequenino pudessefazer-te sentir-se tão importante.

Antes de ser mãe você nunca se levantou à noite a cada 10 minutos para se certificar de que tudo estava bem.

Nunca pôde imaginar o calor, a alegria, o amor, a dore a satisfação de ser uma mãe.

Não sabia que era capaz de ter sentimentos tão fortes.

Por tudo e, apesar de tudo, obrigada, Deus, por você ser agora um alguém tão frágil e tão forte ao mesmo tempo, e por deixar-me compartilhar desse momento tão especial!


Autor desconhecido


PS: E... Não sabia que era tão craque em digitar e fazer quase tudo com só uma das mãos.


11 comentários:

Ti disse...

Parabéns querida!!

O Theo está lindo!!

Beijos

Flavio Ferrari disse...

Ser pai também é bacaninha ...

Luisa Fernanda disse...

Querida Amandita, también tu poema es el inverso reflectivo delo sentmiento de quien aun no ha sido madre.
Cuando uno no es madre come frio y no importa, se mancha o no contesta el teléfono por torpeza, uno ni es tan limpio ni ordenado, si...mas si yo fuera madre...me compondría, para dar un ejemplo,
para educar, pera enseñar lo que es bueno y la disciplina,

Walmir Lima disse...

Olá, Amanda!
Minhas correrias não me tem deixado vagar pelos Blogs como há uns meses atrás, mas quis dar uma passada por aqui para ver como estão vocês, deixar meu abraço a todos e uma "bicotinha" de tio-avô na testa do Théo, que está uma graça.
Vocês estão lindos na foto.
Um beijo a todos, e não esqueça de publicar fotos para matarmos saudades.
Walmir

Walmir Lima disse...

Valeu pelo esforço da postagem. O texto é realmente uma ternura.

Udi disse...

E logo mais você vai descobrir como é ser amada tanto quanto!
Desfrute desses momentos com esse serzinho tão pequeno e tão capaz de preencher quase tudo em nossa vida! Prá reviver esses momentos só tendo outros (eu recomendo!).

Anne M. Moor disse...

E com os pés???? :-) Muito cozinhei embalando nenês em carrinhos com o pé...
Vocês estão lindos! Os dois... Irradiando felicidade. Aproveita cada segundo deste tempo.
Beijo grande

Maria disse...

Lindo amanda!
Mandei teu texto para minha filha, que será mãe a qualquer momento. E como vovó eu te digo, eu não sabia que se podia babar tanto!!!

Walmir Lima disse...

Passei mais uma vez pra dar um beijo no sobrinho.
Beijão pra todos.
Walmir

Gui Ferrari disse...

putz! mais que coisinha linda!
não sei se sabe quem eu sou!
sou filho do flávio!

amei essa criaturazinha só de ver na foto!!
parabéns!
Espero que ele goste de comer mais coisas do que eu... heheh

Luisa Fernanda disse...

Bellísimo tu bebé, y te mando un gran abrazo y un beso en este día de las madres querida, BUENO SE ME PASARON LAGUNOS MINIUTOS, pero la voluntad de felicitarte es muy intensa.