terça-feira, março 13, 2007

Breve desabafo

Há momentos em que o mundo parece conspirar
Os deuses sopram na direção contrária do caminhar
Nesses momentos, intensos e ambíguos
Duvidamos de nossa fé, de nossa sorte, de nosso riso

E lembramos de um olhar amigo
De um elogio despretensioso
De um sabor, um odor, uma cor
Que nos pinte a alma e ilumine o dia

9 comentários:

Ernesto Dias Jr. disse...

Considera-te pois, amiga, pintada!
Um ótimo dia para você!

Flavio Ferrari disse...

Bem, você sabe que eu sempre gostei muito de você ...
Pois continuo gostando. Não precisa nem retocar a pintura.
Beijo na alma.

Amanda Arthur disse...

Sinto-me já furta-cor.

Anne M. Moor disse...

O caminhar perderia a música se tirássemos todas as pedras. E não duvida do teu riso não... uma boa gargalhada é o sol de nossas vidas.
Abraço apertado

Amanda Arthur disse...

Gargalhadas pra você, Anne.

Udi disse...

Qual elogio você quer hoje? É só pedir!
Vou te mandar uma musiquinha por email (enquanto a gente espera o Ernesto abrir essa possibilidade através do espaço dele vamos assim, via email)

udi disse...

Que será que acontece que meu recado se perdeu de novo? Mas deves ter recebido (por email) a musiquinha que te enviei.
beijo

Ti Bell disse...

Amanda,

Lembranças são para isto... Tê-las é a certeza de que tudo que vivemos hoje fará parte de um passado e que aquilo que viveremos será parte da lembrança futura!!

Desejo dias iluminados, refletidos por sua Bela Energia!!

Beijos

Amanda Arthur disse...

Udi, Desta vez eu que demorei a publicar o post...
Obrigada! Por ele e pela música.
Ti Bell, valeu a visita!
Beijos,
Amanda