terça-feira, julho 01, 2008

Alegre mundo insano


"Cliente dispara contra gerente de um restaurante porque queria mais molho."

"Família que teve casa invadida por cadáver receberá R$ 35 mil."

"Mãe corta mesada de italiano de 61 anos e chama a polícia."

"Nepalês decepa sua própria mão para oferecer a deusa."

Adoro ler de tudo. Nos últimos meses, por absoluta falta de tempo, acabei alimentando este hábito com textos curtos, notícias breves, artigos enxutos. E acabei desenvolvendo um outro hábito. O de colecionar notícias pitorescas, algumas bizarras, que dão provas da loucura (ou diversão!) que é viver neste nosso mundo insano. É... Como alguém já bem disse, "de perto ninguém é normal". Aliás, curiosamente, esta máxima poderia substituir qualquer uma das manchetes anteriores. Não?!

6 comentários:

Anne M. Moor disse...

A minha avó dizia: "Everyone's queer but us and the parson. And I have my doubts about the parson..." :P
Normal? O que é isso?

Ernesto Dias Jr. disse...

quaquaquaquaquaqua!
É o Notícias Populares globalizado!

Flavio Ferrari disse...

E eu que tenho um espelho que aumenta cinco vezes a imagem ...
Uma verdadeira aberração !

A.Tapadinhas disse...

Foi publicada uma notícia na Roménia, que transposta para Portugal(e Brasil?)resolvia alguns problemas das asneiras dos autarcas:
"Morto ganha eleições municipais".
Lá não deve ter resolvido nada porque se calhar aconteceu na Transilvânia...
Beijo.
António

udi disse...

E também tem aquela outra que eu gosto bastante: "cada um, cada um".

Luiz Modesto disse...

Adoro dessas também, minha cara.